14 abril 2020

Resenha: O Mercador de Sonhos - M. M. Schweitzer



Resenha o mercador de sonhos de M.M Schweitzer


Olá pessoal, tudo bem com vocês?


Hoje estou aqui para falar sobre um livro que desconhecia até então, o li por indicação e eu não esperava que fosse me chamar tanto a atenção assim. Bem, o nome da obra é "O Mercador de Sonhos". É um livro curto com apenas 41 páginas, porém traz grandes ensinamentos.


Sinopse
Ollie e um Porco maltratado por todos, mas ao sonhar com o Mercador de Sonhos, ele descobre dentro de si os verdadeiros inimigos de sua alma.



O porquinho Ollie de quatorze anos tinha uma lacraia no rosto, mas acabou dormindo e não a sentiu. Ao cair no sono, a lacraia entrou numa das orelhas do porco e então ele acorda e põe o dedo dentro a orelha e nada sente. Logo, Ollie percebe uma luz forte, pensando já ser dia. Ao sair do quarto ele dá de cara com uma loja de doces e não com sua casa. O porquinho então dá de cara com uma figura um tanto macabra que se diz ser o Mercador de sonhos, este explica a Ollie que ele ainda está dormindo e que seu corpo está na superfície.


Logo, o Mercador dita as regras a Ollie: ele deve dar seu maior sonho em troca do doce da loja e esse doce ele deve dar a um de seus quatro sonhos que estão depois de uma porta.
Então Ollie aceita o trato e assim o faz. Deu seu maior sonho (não vou falar qual é, acho que vocês devem ler o livro que inclusive está - ou pelo menos estava - gratuito no site da Amazon) e então seguiu para conhecer seus quatro outros sonhos.

Seus outros sonhos estavam dentro de casas que somavam um total de quatro:

  1. A primeira era uma que remetia a seu passado e que Ollie não gostava. Onde ele viveria uma vida "conformada"- a casa do medo.
  2. A segunda casa era uma onde Ollie era maior que todos, fazia mal a quem lhe fez mal - a casa da raiva.
  3. A terceira era uma casa em que o porquinho viveria com os outros em festas, porém nessa casa eles estavam com as orelhas cortadas, o que remete a ilusão, viveriam de forma conjunta, porém estariam numa ilusão - a casa do desejo.
  4. O quarto sonho era numa casa de cor preta e lá Ollie se ver de forma velha e sozinho - a casa da tristeza.

Agora eu te desafio a descobrir para qual sonho Ollie deu o doce, qual sonho ele escolheu viver?

Esse livro traz muita coisa sobre autoconhecimento, autocompaixão. Ollie era inseguro, era maltratado pela família e por colegas da escola por ser gordo, por ser um porco.

"É fácil esquecer seu corpo nojento enquanto vestido, mas quando você está nu, a verdade grita. Não são apenas eles que te chamam de saco de merda."

O livro fala muito sobre correntes e pontes. Ollie se acorrenta em quem não deveria. As correntes prendem os bons sentimentos, fazendo que Ollie e sua mãe, por exemplo, não alcancem o ápice de sua capacidade, de seu autoconhecimento e aceitação.

"- Alguns constroem correntes, outros constroem pontes."

O complexo de inferioridade de Ollie é muito grande. Não são apenas terceiros que o menospreza, ele mesmo já faz isso e após ter visto três das casas (sonhos), Ollie fala o seguinte:

"- Sabe o que eu acho? Eu acho que você me enganou e que todas as casas são casas ruins, com sonhos ruins."

E então o Mercador responde:

"- Todas as casas são suas, todos os  sonhos são seus."

A quarta casa é a que mais ensina a Ollie. É onde ele tem grandes revelações sobre si mesmo. A próxima citação é uma das melhores da obra.

"Mas todo ódio que você oferece ao mundo acaba por envenenar você mesmo."

O final deste livro leva o leitor a fazer uma grande reflexão sobre a vida e a todos ao seu redor e sobre o que ele constrói dentro dele, quais são seus sonhos, seus desejos e anseios.

"- Não existem monstros. Como não existem pessoas ruins. O que temos são prisioneiros do escuro e a liberdade da luz."

Essa obra é bem curtinha, como eu já disse, contém apenas 41 páginas, porém em poucas páginas vêm grandes ensinamentos. Temos um poder incrível: podemos mudar tudo dentro de nós. Mas raramente o fazemos.

"Qual o sentido em se preocupar com as coisas que ele não podia mudar?"

Eu espero muito que vocês tenham gostado. Eu gostei muito de ter falado deste livro.

Espero que vocês leiam, se sintam inspirados a lê-lo. E leiam para poder dar início ao processo de reconstrução interna inerente a cada ser humano e isso é necessário. Desconstruam o Ollie que há em vocês e se refaçam, tendo como base a autocompaixão e o autoconhecimento.

Até a próxima!

2 comentários:

  1. Em março eu vi que esse conto estava de graça no Amazon Kindle, mas a sinopse não me chamou a atenção e eu acabei não baixando o livro na minha biblioteca, vou procura-lo novamente na Amazon, pois se eu soubesse o quanto era bom e as reflexões que traz eu já tinha baixado para lê-lo.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  2. Corre!! Baixa mesmo. É uma ótima leitura que traz boas reflexões.

    ResponderExcluir

» Nossas redes sociais: Fã page | | Instagram | | Pinterest

» Críticas construtivas são sempre bem vindas.

» Deixe o link do seu blog no final do comentário e retribuiremos a visita com carinho.

» Lembre-se, tudo aqui é feito para você, então fique a vontade para pesquisar,ler,comentar e pedir postagens.

© BELEZA NERD 2013 - 2019. Todos os direitos reservados.
Layout e codificação: GLEICY HANER - DESIGNS E FOTOGRAFIA .
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo